Alunos de Planejamento de Vida Profissional contam como reconstruíram futuro corroído pela pandemia

Há 30 anos a psicóloga Sandra Korman, doutora em Psicologia Social, orienta estudantes, jovens profissionais e empresas a traçarem as trajetórias no mercado. Este conhecimento é vivenciado, lá se vão quase duas décadas, pelos alunos de Planejamento de Vida Profissional, disciplina do Departamento de Comunicação. "É um diálogo com o futuro para inspirar o presente", resume a especialista. Este diálogo transcorreu de forma especialmente desafiadora e enriquecedora diante de um futuro sequestrado pela pandemia do coronavírus.

As dificuldades transformaram-se na oportunidade de desenvolver novas reflexões e projetar horizontes profissionais em vez de deixá-los afogar na torrente de incertezas desencadeadas pela crise sanitária. "A disciplina já trabalha com as incertezas. Talvez por isso tenha se encaixado tão bem no contexto atual. A pandemia põe à prova repertórios de predições e tendências aplicadas no delineamento de como o futuro deve se comportar. Portanto, os estudos sobre os cenários que ancoram e dinamizam os projetos de trajetórias profissionais exigem uma série de reflexões novas e inusitadas", observa Sandra.

Estimulados a construírem visões compartilhadas de futuro, alinhadas aos processos contemporâneos de trabsformação, os alunos ousaram "desafiar o inevitável, o que já é a nossa marca", ressalta a professora. Pois, "ainda que não possa ser vivido, o futuro pode ser desejado, projetado e, o melhor de tudo, experimentado", completa.

As reflexões, descobertas e experimentações converteram-se em aproximadamente 50 projetos de trajetória profissional traçados no primeiro semestre. Parte deles desdobrou-se em artigos nos quais os estudantes compartilham seus planos e vivências. "A experiência foi impactante para muitos alunos, ao ponto de desejarem compartilhar o seu registro, na forma de artigos", conta a professora, também consultora das incubadoras do Instituto Gênesis (PUC-Rio) e da Coppe (UFRJ). Ela acrescenta: "Percebi algo especial no fim do semetre: além da vivência pessoal dos respectivos projetos, os alunos desejaram compartilhar o que perceberam como mais importante durante esse tempo. Eles apresentaram, por meio de diferentes reflexões, as suas versões da importância do projeto de vida como forma de construção, interlocução e representração de desejos e do mundo real. Um processo que os levou a examinarem não só suas possibiliaddes e desafios, mas sua própria potência diante da vida".

Uma parcela desse legado inspirador é destacada abaixo, e pode ser acessada por meio dos respectivos links. A íntegra das experiências relatadas está reunida no blog Trajetórias Empreendedoras.

Os artigos refletem a relação entre os alunos, a disciplina e o futuro cultivada por quase duas décadas. Desde que foi criada, há 19 anos, Planejamento de Vida Profissional ajudou milhares de estudantes a descobrir e pavimentar os trilhos da profissão. "A disciplina vem sendo, cada vez mais, apropriada pelos alunos como um laboratório de experiências para o desenho de projetos de inserção e desenvolvmento, e envolvimento, profissional", destaca Sandra, também professora de Trajetórias Empreendedoras.

Formada em Psicologia, Pedagogia e Jornalismo, Sandra Korman dedica-se, há mais de 30 anos, à orientação e à produção acadêmica relacionadas à construção de trajetórias profissionais e empreendimentos inovadores. Coordenou o Ensino de Empreendedorismo na PUC-Rio e os laboratórios de Projetos Profissionais e Projetos Culturais da Escola de Comunicação da UFRJ, entre outras experiências. Ela estende também seus conhecimentos ao empreendedorismo musical, como se observa no blog Trajetórias na Música. Na próxima terça (3), Sandra vai participar, ao lado da também psicóloga e professora da PUC-Rio Madalena Sapucaia, de um bate-papo ao vivo sobre planejamento de vida profissional. A live é aberta ao público. Para participar, basta se inscrever neste link.

Veja, abaixo, alguns dos artigos compartilhados pelos alunos:

- Projetos de Vida 2020.1

- Não é fácil, mas ninguém disse que seria - Arthur Oliveira

- As peças do quebra cabeça que estavam perdidas - Esther Costa de Brito

- Projeto de Vida sempre fará parte da nossa história - Erick Nurmberger

- O que a inserção profissional tem a ver com o DETRAN - Julia Vasques Zacour

- Quem planta chuchu, vai colher chuchu - Gabriel Pereira Meirelles

- A máquina do mundo - Gustavo Caldas Costa

- Cultura e escolhas: O que esperamos de nós mesmos? - Helena Cunha

Endereço

Pontifí­cia Universidade Católica do Rio de Janeiro
Rua Marques de São Vicente, 225, Gávea
Rio de Janeiro, RJ - Brasil - 22451-900
Telefone: (55 21) 3527-1001